segunda-feira, 16 de março de 2015

A partir do momento em que és mãe, sempre foste mãe*

Há muito tempo que te sonho e que te espero, meu filho. Há mulheres que sonham com o seu dia de casamento ou com uma carreira de sucesso, eu sempre sonhei contigo. Sempre soube que queria ser mãe cedo, para investir os meus melhores anos em ti, na nossa família. A vida foi gentil comigo, permitiu que o meu caminho fosse na direção dos meus sonhos. E tu aconteceste.
Os últimos nove meses foram mágicos - entre momentos de euforia, momentos suspensos no tempo por sustos ao longo do caminho, momentos únicos e inesquecíveis, 37 semanas voaram das páginas do calendário. Dias em que não me apeteceu estar grávida, dias em que adorei estar grávida, dias em que me esqueci que estava grávida. E, no centro de tudo, tu, sempre tu, a partir do momento em que dois tracinhos apareceram naquele teste feito na madrugada de dia 1 de agosto.
Diz-se que quando nasce um bebé, nasce também uma mãe. Eu não acredito. Sei que vou nascer como mãe na prática, mas na teoria, no coração, sou tua mãe desde sempre, desde que te sonhei pela primeira vez. Desde que soube da tua existência, desde o primeiro sintoma, da primeira ecografia, do primeiro pontapé, tu és o meu amor maior. O meu filho. Parte de mim, parte do teu pai, és tu próprio. És o meu pequeno alien, tal é a estranheza de ter outro ser a crescer dentro de mim. E eu não o trocava por nada, mesmo apesar de ter dito muitas vezes que não me importava nada que fosse o teu pai a carregar-te. Não menti, filhote, que a magia não é constante ao longo dos nove meses, mas é ela que me faz esquecer todos os momentos menos bons e sorrir abertamente cada vez que te mexes enquanto eu escrevo estas palavras.
Estamos na reta final. Dentro de muito pouco tempo, virás cá para fora conhecer o mundo e viver a tua maior aventura. E eu e o teu pai vamos viver a nossa: tu.



* by Margarida Ferra, poeta e mãe

5 comentários:

  1. Esta mesmo quase :) Sao meses mágicos mas muitos mais virão de agora em diante

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que já os espero ansiosamente. Quero tanto apertá-lo nos meus braços! :D

      Eliminar
  2. Estás linda, mamã Xana! :D Não tarda tens o teu menino dos braços e eu vou continuar a seguir as tuas aventuras enquanto mamã. :D Que corra tudo bem e muitas muitas felicidades para os três.

    Beijinho grande***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada querida Inês! Muitas aventuras se avizinham, principalmente para nós papás de primeira viagem. Mas tudo compensa, só para o poder ver, abraçar, sentir... Pode não ser para toda a gente (todos temos sonhos diferentes), mas aqui para nós, ser pais está mesmo a ser o melhor do mundo!

      Eliminar
  3. adoro <3 vou ser uma tia tão feliz de um lindo Tiago!!! :)

    ResponderEliminar