quinta-feira, 11 de maio de 2017

Dicionário de Tiaguês - parte III

Todos os dias ele cresce mais um bocadinho. Todos os dias, há uma palavra nova, algumas que dizia mal já vai dizendo bem, aperfeiçoa-se, desenvolve-se. Algumas continuam a ser as mesmas, mesmo que erradas, outras são tão espanholadas que mal se entendem, excetuando nós, pais, que já lhe sabemos o discurso de cor e de quando em vez ainda ficamos à banda.
No meio de tudo, uma preferência clara pelos pês, vá-se lá saber porquê. Ora vejam:

Patuta
(pantufa)

Póboio
(comboio)

Pufada
(almofada)

Patêta
(cabeça)

Pufá
(sofá)

Pato
(Sapo)
Não perguntem, ok? Não sei porque é que pato é pato, mas também é sapo.
Ele sabe distingui-los, ao menos isso...


E a coisa continua. Fiquem por aí para verem os próximos capítulos :)

2 comentários:

  1. É engraçado ver essa evolução da fala... Por cá passa-se o mesmo :) e sim, dou por mim a traduzir aquilo que o meu filho diz às outras pessoas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, não é? Eheheheh, eles falam, nós traduzimos :) E sabe tão bem vê-los crescer!

      Eliminar